Bolsas para cientistas

Morá Miriam Rozen Gerber Fellowship

CALL for Applications: Postdoctoral fellowship opportunity for a Brazilian postdoctoral fellow at the WIS


Sponsorship

The program is sponsored by the Morá Miriam Rozen Gerber fellowship fund.

Funding
An annual sum of $32,000 paid through the WIS. The host PI will be responsible to supplement the fellowship to WIS regular postdoctoral fellowship level, including travel allocation.

 

 

 

 

Requirements
· Brazilian citizenship or residency
· Proven academic excellence
· PhD thesis approved or submitted
· Brazilian postdoctoral fellows already at WIS are also eligible to apply

Documents needed:
1. An updated CV and list of publications.
2. Certificate of PhD approval or thesis submission.
3. A research plan (up to 2 pages).
4. Two letters of recommendation (one of which must be from the PhD advisor).
5. A letter of commitment by the potential WIS host.


Deadline

Monday, February 25, 2019


Application

If you have colleagues abroad who mentor eligible Brazilian postdoctoral fellows or PhD students whose degree is about to be approved soon, then please suggest to them to encourage their students to take advantage of this opportunity and apply for the fellowship as follows:

Step 1:
Apply to a postdoctoral status at the WIS through the FGS online application service

Step 2:
Apply for the Morá Miriam Rozen Gerber fellowship through the FGS online CALLs system

 

 

A cientista carioca Camila Freze Baez Nascimento conquista a bolsa de pós-doutorado “The Mora Miriam Rozen Gerber Fellowship” em 2018

Camila Freze Baez Nascimento, carioca, 29 anos, é a nova bolsista de pós-doutorado “The Morá Miriam Rozen Gerber Fellowship”, para continuar seus estudos no Instituto Weizmann de Ciências, Israel. A bolsa integral, destinada exclusivamente a brasileiros, tinha como requisito essencial a excelência acadêmica.

Graduada em Biomedicina na  Universidade Federal Fluminense, UFF, Niterói, com Mestrado  em Microbiologia e Parasitologia Aplicadas na mesma universidade e Doutorado em Medicina (Doenças Infecciosas e Parasitárias) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, a pesquisa da Camila no Brasil procurava ajudar a melhorar o entendimento científico sobre o papel dos vírus em cânceres de pele.

No Instituto Weizmann, vai ser parte de um grupo pioneiro na identificação de um novo tipo de comunicação das células tumorais com as demais: a passagem de RNA – uma descoberta que abriu uma Infinidade de possibilidades de pesquisa. O laboratório de “Tráfego de RNAm e de proteínas” (“mRNA and protein trafficking” ) é liderado pelo prof. Jeffrey Gerst do Departamento de Genética Molecular. “Nossa pesquisa pretende investigar se o RNA transferido de uma célula para outra influenciaria as funções da célula que o recebeu e, se no caso de transferência de RNAs envolvidos com o desenvolvimento tumoral, haveria a transformação de células saudáveis em células tumorais. Essa pesquisa é inovadora em muitos aspectos e poderá, por exemplo, indicar novos caminhos terapêuticos para o câncer.”

LEIA MAIS: Bolsa Gerber