Gabriel Lisboa

Bolsista de 2012

Matemática na USP. Fez um intercâmbio na Universidade Técnica de Munique, Alemanha e pretende seguir a carreira acadêmica em matemática ou física.

 

Depoimento:

“Sem exageros, foi incrível. Viver Ciência 24 horas por dia, 7 dias por semana (exato, sem folgas no Domingo), com os melhores cientistas do mundo e as melhores companhias possíveis. Gente das melhores universidades do mundo, que não estão lá pra brincadeira (tá bom, um pouco de brincadeira, vai), sabem o que fazem e o fazem muito bem. Pessoal inteligente e empolgado, equipe sensacional, cientistas tops e laboratórios de primeira. Você só encontra no ISSI. O Weizmann é um dos melhores lugares para ser cientista, definitivamente. Realizei mais um sonho ao trabalhar com astrofísica lá, projeto este que eu mesmo escolhi. Detalhe para as várias viagens por Israel inteiro, de norte ao sul, leste à oeste, literalmente falando. Conheci Israel, sua cultura, seus desertos, seu céu, clima, comida, pessoas… simplesmente maravilhoso. Uma oportunidade que não se pode perder. Afinal, não é todo dia que se almoça junto com a prêmio Nobel de Química, certo? (Gente, eu encostei nela… não lavo meu braço nunca mais, há há). Deixo aqui meus sinceros agradecimentos aos Amigos do Weizmann por nos proporcionar e permitir essa intensa experiência que mudou a minha vida para melhor, para sempre. Obrigado.”

Projeto no Instituto Weizmann de Ciências:

Matéria escura e raios cósmicos: detecção por xenônio.