Uma nova imagem de Júpiter


Três trabalhos publicados esta semana na revista Nature respondem a uma pergunta que cientistas se fazem desde os tempos de Galileu: O qué são as bandas coloridas de Júpiter? Um deles, publicado pelos pesquisadores do Instituto Weizmann de Ciências Prof. Yohai Kaspi e Dr Eli Galanti, revelou que as celebres bandas, cintos de fortes ventos que circulam ao redor do planeta, estendem se a uma profundeza de uns 3.000 km. Muito mais do que se pensava, e que faz os cientistas revisar o que se sabia da atmosfera de Júpiter.

Este avanço, junto a um outro trabalho publicado no mesmo número da revista por cientistas da Universidade de Roma, e avaliado em forma conjunta por um terceiro, do Observatorio da Costa Azul sugere que por debaixo do nível dos ventos, o gás rota como um corpo único, como si fosse um solido. Estes três papers, em conjunto, revelam uma nova imagem de Júpiter.

Leia mais: Unveiling the Depths of Jupiter’s Winds